domingo, 4 de janeiro de 2009

O Mago e Sua Compreensão



O Mago e Sua Compreensão


As Leis Divinas, não permitem que nos aconteça nada para que não estejamos propensos.
Aqui menciono "Mago" um sacerdote de si mesmo.
É como se fôssemos um templo autoprotegido.
Tudo o que nos sucede, é devido à nossa falha de vigilância. Jesus disse: orai e vigiai.
A vigilância é em nós, e não no que sucede à nossa volta.
O "Mago" é o artífice de si mesmo.
É uma longa Escada: os portais se abrem para uma "aprovação", ou demoram, se houver confusão, ou indecisão, ou medo... aliás, a Aprovação vem de dentro para fora; o Mago se faz de dentro para fora.
O caminhar do mago, não está na "coragem", no "destemor", no "raciocinio".
Entrar na Sala da Lei Divina, no Palácio da Criação, cabe à compreensão dos Designos
Divinos.
Ser Ministro de Deus, é um cargo que se cumpre, de cabeça baixa. Jesus disse: em tudo o que sou, sou como aquele que serve.
Quando houve a cerimonia do Lava Pés, Jesus esclareceu que era para tirar o ultimo impedimento à um Iluminado Esclarecimento.
Sacerdote de Si Mesmo, o Mago deve encarar a severa responsabilidade de Si Própio.
O Universo Inteiro está fechado em torno do Mago: uma réstea de Luz que se abre, é um
novo Mundo para ele - é um caminho de Luz para a Divindade - tudo se refaz: as pequenas coisas, crescem, para uma maior compreensão, as maiores, tomam outro lugar - O Transformador Espirito Santo está agindo em nome de Deus.
clarisse

Um comentário:

sticker disse...

Although there are differences in content, but I still want you to establish Links, I do not
fashion jewelry