segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

O Reino Encantado em Conexão com o Reino da Terra


 Os   que viveram na Terra e hoje fazem parte do Reino Sobre o Planeta,   podem usar da conexão com os que ainda estão no Planeta Terra.

  A Essencia Encantada´pode agir de conivencia com o Estado Humano   como Alma Suplementar com o mesmo Centro Fluidico de Ação Permitida entre Os Dois Mundos.

  No Espaço, a Percepção do que realmente necessitamos vai além do que percebemos na Terra, pois a "Necessidade é a Tônica que Tem em  Si a Alma Dividida na Eternidade pois faz Parte do Governo Divino que  mantém "Ao Mesmo Tempo" a Terra e  a Manutenção da Criação" na  Alma dos Filhos de Deus".

  O Ser Humano deixando o envólucro terreno, está exposto às Posseções  dos Dirigentes que Agem nos Mandos dos Genios Divinos como é possivel  "Ao Mesmo Tempo"  ter "Essa Atuação" "Da Terra e do Espaço" enquanto  Vivem na Carne humana...  é só Ter Percepção Sentida pelo atuação do

  chackra Anahata - do Coração, que permite essa atuação conjunta do "Céu  e da Terra" !

                                           O Reino Encantado em Conexão com o Reino                                                                                                 da Terra

domingo, 22 de dezembro de 2013

O Espelho do Cristal de Nossa Alma


A Aboboda Universal  ainda é mínima para a Noção do que é Nosso Espirito.

O Eco da Abobada é Infinito porque o que existe de nós mesmos, responde aos

designos Divinos e a Imagem de Deus se reflete em nós enquanto vivemos o periodo

pequeno de nossas Vidas, que sempre desejamos secretamente, seja o mais tempo

possivel...

A Sabedoria do Reconhecimento da Divindade, é Pequena para a Noção de Infinitude

que as "Batidas do Chackra Anajata" que é o palpitar de nosso Coração, se estende

de um Passado  para o Reflexo de Nossa Alma que nos traz  tanto Passado como

 Futuro...

O Anajata, nos mantém com o seu Amor...

O Amor, é o Perfume de Deus na Eternidade.

                                                                                   Clarisse

                                                                                    O Espelho do Cristal de Nossa Alma

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

A Alma no Teatro de Nossa Vida no Planeta Terra - Os pescadores de pérolas!‏



 Ontem, o Rio de Janeiro  estava alagado pelas chuvas
   de Verão, que vieram com muita força...
   Os cachorros que ficam no quintal-jardim na frente da casa,
   se abrigam na varanda onde existe uma casinha de cachorro
   e tapetes que os cães enrolam para dormir, mas também
   a casa rosa, que é a primeira das casas deste terreno, e é
   aberta para "eles" de noite...
   Não sei porque, nem como, comecei a conversar com o
   caseiro Candido, filho de uma antiga servidora de minha
   casa, desde os tempos do Bairro Ipanema, onde cresci...
   E vai conversa vem e conversa fora, há... o que originou a
   conversa, foram os anjos de madeira nas paredes da sala
   de jantar...  então disse para o meu caseiro, que está comi-
  go desde os cinco anos de idade e hoje tem cinquenta anos,
  que minha avó, mãe adotiva de minha mãe, gostava muito
  de anjos... então, me lembrei de um anjinho de ouro com um
 pequeno rubi entre as minusculas mãozinhas e resolvi mos-
  trar ao caseiro, o tal anjinho de ouro...
  Foi aí, que para surpresa minha, quando abrí a gaveta grande
  onde num livro grosso, muito velho e escavado  entre as
  páginas, estavam jóias, tanto meu caseiro como eu, tivemos
  supresa não só pelo anjinho que está lá, mas pelo colar de
  pérolas, que cintilou como se as pérolas fossem de diamantes!
  Ora, o colar de pérolas que ganhei quando fiz 15 anos, e toda
  mocinha, como era costume, ganhava um colar de pérolas, ao
  completar "essa" idade, nunca esse colar de 15 anos, cintilou
  como o colar de pérolas de minha avó que herdei quando
  faleceu minha mãe!
  Pérolas cintilando?  O que é isso?
  - e as pérolas cintilavam como diamantes!  Pérolas do Fundo
  do Mar!
  Como eram diferentes essas pérolas antigas das pérolas de
  hoje cultivadas em tanques para comercio!
  Pérolas de Fundo do Mar!  Quantas vidas se foram para que
  a vaidade dos humanos exibisse certas jóias"!
  Após o jantar, meu pai ia para o piano e cantava, nas sua voz
  de  tenor,  áreas de óperas...  na sala de visitas!
  E uma das áreas por mim preferida, era da Opera "O Pescador
  de Perolas de Nadir"  ...   até o momento em que minha mãe
  me dizia para ir dormir, pois tinha o colegio pela manhã!
  "Então, esse colar que cintilava, era do tempo em que pescadores
  do Oriente, colhiam pérolas do fundo do mar, com muitas perdas
  de vida, pelo perigo que isso implicava!"
                                                                                         


quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Desenvolvimento nos Mundos de Deus

As Yogas  que  fazem  "mover"  o chackra Anahata,  estão

   acima no Corpo Humano  pois  na extremidade da coluna vertebral,  está a Potencia do Muladhara - acionada pela respiração do humano.

   O Humano,  expõem  "os passos invisiveis " da caminhada pela Estrada  da Existencia  "até o Templo do Santuário da Aura do Chackra Anahata   onde as Vibrações no Universo são badaladas das Palpitações Sacras   do Anahata, o chacra do Coração.

   Os chacras são Catedrais Invisiveis que tornam as Vibrações das Preces    e os lovores do humano em Ecos Divinos no Universo, Ecos Zelados pelos   Arcanjos para A Fonte Perene das Graças de Deus.

   O Muladhara transforma a Caminhada da Evolução na , perpetuosidade do   Reconhecimento da Aliança do Humano com Deus, na Eternidade que se   transforma para tudo que seja Fisionomia Divina.

   Todo Humano tem que se Anular em Deus., para se Alto Reconhecer na   Obra Eterna da Divindade. 

                                                                Desenvolvimento nos Mundos de Deus

                                                                                               Clarisse         

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

A Assimilação da Verdade na Eternidade

  Diante da Eternidade, minha Alma tem que se responsabilizar
     pela Vontade de Si Mesma.
     No País da Eternidade a Resposta de Mim Mesma frente ao
     Reflexo do Espelho da Verdade é  tanto quanto um Nascimento
     Eterno no Presente Reflexo de Si Próprio.
     O Auxilio Proteção que nesta momento suplico,  é para a Verdade
     da Sinceridade de Mim Mesma em ratificação à Proteção da
     Realização da Eternidade Divina que pode responder sem mácula
     até onde conseguí chegar na repercussão do Eco no Badalar da
     Verdade na Catedral da Eternidade do Infinito.
     Tenho Fome de Deus. para a Realização de Minha Alma...  pois
     meu Espirito é Particula de Deus, assim me faz Crer, a mim mesma
     no Percurso de Minha Alma para sua atualização sem mácula para
     a Eternidade.
                                                     A Assimilação da Verdade na Eternidade

A Verdade "Por Detrás da Existecia"

O que é  A Existencia?

  A Existencia pode ficar conhecida como A Realidade.

 O que é Real, concebido pelos "que não são Reais?"

  A Humanidade dividida entre "machos" e "femeas"

  não dá chance para  O Real...  por isso muitos grupos

  se interpõem   para a Verdade da Humanidade ser tratada

  como a descoberta "da Humanidade"...

  Para que existe a Verdade?

  Que Verdade?

  A Divisão foi feita para a Criação... 

  Os Dois Polos se Dividiram para Amparo e Controle da

  Continuação da Existencia.

  Mas, sem os Polos, O Que Na Verdade Existe?

  O que é o Antes e o Depois?

  A Pergunta à Si Mesmo, retorna A Si Mesmo.

  Só com Definições se pode conceber o mundo e a Existencia...

  E Sem as Definições o Coração, o chacra Anahata palpita por

  conhecimento de Deus, o Sofrimento, a Crueldade, a Ansiedade

  de "Um Conhecimento"...   uma Razão para os Sofrimentos...

 ... e se Tudo isso é para se conhecer a Realidade do que imaginamos

  ser Deus, "o que é Tudo de Tudo"?

  Por que Criar para Sofrer?

  Por Que "Não Ser"?

  O Palpitar do Coração, atua nos Ouvidos... o compasso percepitido

  é Uma Interrogação Perene...  e uma Resignação...  mas, a Resignação

  não traz Resposta nem Imaginação para a Interrogação do Homem...

  A Verdade não Existe para não Destruir o Ser, seja de qualquer  que

  seja...poder-se-á imaginar?   Sim. poder-se-a imaginar... e se recolher

  a Si Mesmo, e sermos o Espelho de Nõs Mesmos...

                                                                                                        clarisse

                                                        A Verdade "Por Detrás da Existecia"

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

BABAJI - O YOGUI

Babaji - O Yogui Cristico do Himalaia
 
De quando travei conhecimento com os yoguis do Himalaia, ficou
em minha recordação, a imagem de Babaji (Paizinho).
Babaji dava a impressão de um jovem homem.
Babaji tem em Si, a aureola Cristica - delicada, como o foi Jesus
de Nazareth.
Todo o culto à Jesus, cultivado pela Igreja Católica, principalmente,
nos transmitindo Ternura e Consolação.
Transformando em nós, a atmosfera Cristica, verificamos que podemos
viver somente com a Aura que em nós, faz recriar a Atmosfera de Jesus.
Esse poder que transformamos em nós, Poder Cristico, de Doação e ao
mesmo tempo, Compensação, é um Estado de Efeito que se transforma
em nós, e nos concede o poder de transformar o Cristico em Evolução
Constante de nosso Espirito...dando à Isso, a transformação deística de
um Ontem e depois Amanhã, constante  na Atmosfera Regeneradora
de Jesus numa Revelação do Poder Divino que nunca teria sido possivel
imaginarmos ter em nós...
                                                                                         clarisse
 

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Espelho da Terra

Meu relogio caiu no chão e parou de funcionar.
    Dependo muito do canto do galo da vizinha, pois ele  não se engana,
     às  seis horas das  manhãs, eu me levanto,  tomo o café da manhã
     que os empregados domesticos deixam arrumadinho sobre a mesa
     da sala e venho para o Computador, " corresponder aos acenos de
     um assunto inspirado pelos agentes do Cosmos Livre".
     Hoje, como sempre tomei o café degustando em minha memória,
     o assunto inspirado ao cair da noite de ontem para hoje.
     Por que comer os galos, como o fazem os carnivoros?
     Os Dirigentes do Universo não se esqueceram de apelar para a
     Vida ter seu Arauto para o inicio de mais Um Dia de Nivelamento
     da Verdade da Vida para enriquecimento dos habitantes deste
     Universo diante do Espirito do Mundo.
     Degustei o café da manhã pensando nos cachorros que ficam na
     parte da frente da casa, compartilhando com os tres cães que
     dormem na varanda da casa de trás, onde resido eu...
     Mais um dia na Eternidade que não tem começo nem fim pois o
     Nascimento é Eterno  e os dias despertam ao chamado dos galos
     pois a Morte da Vida é a semente da Semeadura de Deus!
                                                                                               clarisse
                                                                                      Espelho da Terra

domingo, 1 de dezembro de 2013

China - Canton

Eu estava com minha mãe  numa recepção da China, oferecida
    pela Embaixatriz  do  País.
    Uma amiga nossa que estava na Recepção, veio ao nosso encontro e nos disse:
    - A Embaixatriz se referiu à você como naturais de Canton, um
    estado da China.
    Durante toda minha Vida, tentei encontrar fotos de Canton...
    pois meu avô, chinês, pai de minha mãe, dizia ser ele natural de
    Canton...
    Agora, um amigo meu que se especializa em lugares em paises,
    conseguiu fotos de Canton, que, por sinal, é um estado à Beira de
    Mar com belas praias encoqueiradas...
    Eu, nascida e criada em Ipanema, fiquei surpreendida com as
    paisagens de florestas de coqueiros e casas de madeira em meio
    aos coqueirais.
    O mar, ao contrario de Ipanema é sereno como uma piscina.
    O meu nascimento no Brasil, me colocou junto ao meu avô, que eu
    apreciava por ele colher buquês de jasmins do seu jardim para per-
    fumar o chá nos bules de porcelana.
    O cair da tarde, era uma vitrine para a familia na casa dos avós
    sorver o chá perfumado naquela companhia repleta de carinhos
    Relembrar os avós, recordar os momentos com eles e saber
    que a Vida, tem os bons momentos como vitrines para a nossa
    Saudade relembrar os Quadros da Vida no Museu das Lembransas
    para manter o zelo que a Vida Mantém para nós.
                                                                                           China - Canton
                                                              
 

domingo, 24 de novembro de 2013

Os Dois Mundos

O Deserto repercute em nossa Alma...
a onda de maré forte se levanta e após cair em explosão
sobre a água que a esperava, espumante e barulhenta,
se estende num rendado de espuma que se espalha como
uma renda estraçalhada em pedaços...
Na areia imensa do Deserto mudo e quieto a quietude do
tempo faz sentir e ouvir as batidas ansiosas de nosso coração.
A imensidão do Deserto no Oriente Médio do Planeta Terra,
cria o Espelho para nossa Alma.
A Humanidade presa na carne humana retém as Aspirações
do Ser Humano - enquanto isso as batidas do coração,
repercutem a Ansiedade da Alma para se alto refletir, pois
Deus cria a Inspiração para o Ser Humano se Alto Reco-
nhecer na Sua Verdade, na Sua Realização Divina...
A Divindade valoriza o Reflexo de Deus na Sua própria
Criação...
O barulho das ondas maritimas estende o mar e cria uma razão
para o Ser Humano sobreviver...
O Silencio do Deserto retém a Aspiração para a Verdade da
Revelação Divina.
                                                   clarisse ~ Os Dois Mundos

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

A Superficie do Planeta Terra

A Atmosfera Envolvente do Planeta Terra,

  está Saturada das Essencias das Atmosferas

  Físicas emanadas dos habitantes deste Planeta...

  No entanto, como todos nós, os terráqueos, somos

  Almas dos Espiritos daqueles que sobrevivem na

  Terra Vivos e Mortos, cada um na sua complexidade

   de Habitante-Espirito, em cada um de nós, existin-

   do os Dois Mundos ao mesmo tempo, somos, pela

   Caridade Divina, carne e espirito, habitando como

   o máximo possivel pela criação nossa, a Evolução

   Divina em transformção de Evolução, para em Nós,

   o Reconhecimento de Deus na Existencia da Vida

   Humana.  

   O Ar que respiramos, ao expirarmos, sai transformado

   com a Essencia da Espiritualidade enriquecida pela

   forma de Vivencia no Mundo, com o Aperfeiçoamento

   da Alma no Reconhecimento da Divindade.

   O chackra Anahata, o Coração, é a Santificação

   que palpita na Espiritualidade Divina.

   O Planeta Terra faz parte da Eternidade Sem Come-

   ço e Sem Fim...

   Este Templo que é a Vida Mística na Prece Perpetua

   pelo Reconhecimento Real de nossa Alma pelo nosso

   Espirito Santo, ´a Eternidade Divina à Caminho da

   Verdade na Iluminação, nos Ampara e Sustenta para

   um Desempenho de Vivencia que nos liberta de toda

   angustia para o Estado Equiibrado na Verdade de

                                            Deus!

                                        A Superficie do Planeta Terra

                                                            Clarisse

 

sábado, 2 de novembro de 2013

Dia de Finados


 Minha Solidão

 

 Os seis cachorros ainda estão lá fora, na frente da casa -

  da minha casa, onde resido.

  Meu pensamento está na Capela Sepultura no Cemiterio

  São João Baptista, onde entre corpos, está o corpo de

  minha avó Clarisse Lage Indio do Brazil.

  Como todas as manhãs, tomo o meu café da manhã na

  mesa da sala grande, sorvendo o café enquanto contemplo

  os dois retratos de Clarisse, minha avó que não conhecí...

  Clarisse num quadro em esmalte, seu rosto doce e tranquilo,

  e embaixo, coloquei um retrato seu, vestida com o hábito

  das Freras Irmãs Clarisses, as Seguidoras de Santa Clara

  a que fora noiva de Francisco de Assis...  minha mãe, que

  em seu passeio pela Europa, foi até Assis e me disse que

  o corpo de Santa Clara, perfeitamente conservado, apre-

  sentava os olhos semi-abertos, deixando ver as pupilas

  azuis que devem ter atraido Francisco de Assis... para

  dedicação da obra de caridade e amor até pelos animais

  como foi para o lobo que alimentado por Francisco e pelos

  moradores da cidade, nunca mais perseguiu outros ani-

  mais... ~o tumulo desse lobo tem uma estátua de lobo em

  mármore que é uma beleza de ornamento em arte!

  Duas Clarisses na parede da Sala de Jantar e mais uma

  que sou eu,  mencionando minha sobrinha Clarisse.

  advogada, rosto lindo, mimoso e tranquilo, perfazendo

  o total de quatro Clarisses, este Quarteto rodeia e acom-

  panha minha Solidão, aguardando o despertar do caseiro

  Candido para a "farra" dos cães que fazem pela alegria

  da minha chegada ao jardim!

  Os Dias no Mundo, são como baladas luminosas na

  Eternidade da Vida!

                                                                        Clarisse

                                                                      Dia de Finados

                                                   

terça-feira, 29 de outubro de 2013

A Superficie do Planeta Terra

A Atmosfera Envolvente do Planeta Terra,
  está Saturada das Essencias das Atmosferas
  Físicas emanadas dos habitantes deste Planeta...
  No entanto, como todos nós, os terráqueos, somos
  Almas dos Espiritos daqueles que sobrevivem na
  Terra Vivos e Mortos, cada um na sua complexidade
   de Habitante-Espirito, em cada um de nós, existin-
   do os Dois Mundos ao mesmo tempo, somos, pela
   Caridade Divina, carne e espirito, habitando como
   o máximo possivel pela criação nossa, a Evolução
   Divina em transformção de Evolução, para em Nós,
   o Reconhecimento de Deus na Existencia da Vida
   Humana.  
   O Ar que respiramos, ao expirarmos, sai transformado
   com a Essencia da Espiritualidade enriquecida pela
   forma de Vivencia no Mundo, com o Aperfeiçoamento
   da Alma no Reconhecimento da Divindade.
   O chackra Anahata, o Coração, é a Santificação
   que palpita na Espiritualidade Divina.
   O Planeta Terra faz parte da Eternidade Sem Come-
   ço e Sem Fim...
   Este Templo que é a Vida Mística na Prece Perpetua
   pelo Reconhecimento Real de nossa Alma pelo nosso
   Espirito Santo, ´a Eternidade Divina à Caminho da
   Verdade na Iluminação, nos Ampara e Sustenta para
   um Desempenho de Vivencia que nos liberta de toda
   angustia para o Estado Equiibrado na Verdade de
                                            Deus!
                                        A Superficie do Planeta Terra
                                                            Clarisse

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

O Navio em Sua Eterna Viagem - A Vida!

              Eu estava na sala de jantar de minha casa, em Vargem Grande,
                      Rio de Janeiro.
                      Na parede em que estavam pendurados alguns quadros de familia,
                      eu me deleitava como um navio singrando o Oceano, em que um
                      Almirante ao mesmo tempo em que organizava em sua mente os
                      ultimos instantes da tarde "de ontem", para o dia de hoje, a pequena
                      viagem "de um dia para outro", me levava ao sonho da Imensidáo
                      Oceanica...
                      Sim, no Navio aos cuidados do Almirante Arthur Indio do Brazil,
                      meu avô, por ter adotado minha mãe Ruth, filha de um dos seus
                      criados, o chinês cozinheiro, ia a Grande Mensagem, da sequencia
                      da Vida, como um quadro cuja pintura trazia a imagem de sua esposa
                      Clarisse Lage Indio do Brazil...
                      A Lembrança do Navio me trazia a Magia da Vida, em que Clarisse,
                      morta, seu corpo vestido com um dos habitos de uma das irmãs
                      Clarisses, para descer à sepultura, como seu marido realizou seu
                      desejo "de assim cumprir" o que ela sempre lhe pedia, em caso de
                      sua morte, o navio singrava a superficie Oceanica "da Magia da Vida",
                      para o Sono Eterno da Morte, que é ao mesmo tempo o Enquadramento
                      da Existencia "de cada um de Nós"...
                      A Sepultura da Familia Indio do Brazil, já deve estar tombada para a
                      Vida do país Brasil, como sempre sonhei...
                      Hoje é Sete de Outubro, dia do falecimento de Clarisse Lage Indio do
                      Brazil... e que mais tarde, Esse Dia, seria a data para o meu Aniversá-
                      rio...  sim, minha mãe Ruth, tinha nove anos quando sua madrinha e mãe,
                      faleceu... mas, mais tarde, viria eu, Clarisse, ao mundo... e não foram
                      poucos os que chegavam para ver a recem nascida, os espiritas, prin-
                      cipalmente, como a conhecida Escritora Esther Ferreira Vianna Calderon,
                      que perguntou à recem nascida, como mais tarde Esther me contou, que
                      ela perguntou ao bebê: - menina, você é a D. Clarisse. que voltou?
                      - Não, respondi para Esther... mas também vou me chamar Clarisse.
                      Chove aqui onde moro, em Vargem Grande...  estou aguardando que o
                      caseiro Candido acorde, para abrir a porta da varanda e deixar os cães
                      fazerem "aquela bagunça" comigo... bagunça que eu adoro...
                      Os momentos da Vida nos acompanham... no tic-tac do Relógio da casa;
                      e eu, morta de Saudade de meus pais, Adalberto e Ruth, deixo minha
                      Alma acompanhar o Navio do Almirante e Senador Arthur Indio do Brazil,
                      pelo Oceano Eterno, Espelho agora dos minimos Itens do Compasso da
                      Vida...
                                                                                                                                   clarisse
.                                                                            O Navio em Sua Eterna Viagem - A Vida!                               
                     

sábado, 5 de outubro de 2013

SOBRE MEU ANIVERSÁRIO

(TÚMULO DE CLARISSE ÍNDIO DO BRAZIL, CONSIDERADO O MAIS BELO DO BRASIL)
 
 
 
  Num dia 7 de outubro, a cidade do Rio de Janeiro, ficou
                      estarrecida, ao saber que uma senhora da Alta Sociedade,                      D. Clarisse Lage Indio do Brazil, tinha sido assassinada
                      por um viciado em Cocaina.
                      Clarisse morreu perdoando Mario Coelho, o viciado em
                      Cocaina, que devia muito dinheiro aos vendedores da
                      droga...
                      O Perdão deixado por Clarisse L. I. do Brazil, ao atender
                      o pedido da esposa de Mario Coelho, inspirou o poema
                      feito por Esther Calderon, poetisa e escritora, "Perdoa
                      Coração". como Clarisse chamava seu marido. Sena-
                      dor e Almirante, Arthur Indio do Brazil e Silva, "Coração".
                      Minha mãe, Ruth, filha adotiva de Clarisse e Arthur,
                      transferiu meu aniversario de 7 de outubro para 8 de
                      outubro, para poder festejarem meu Aniversario - mas,
                      o beijo de Parabens de minha mãe, foi sempre no dia
                      7 de Outubro...
                      Meus pais ja falecidos, eu sempre relembro o Aniversario
                      de Morte de minha avó Clarisse, pelo beijo de minha mãe,
                     que agora me traz Saudade...
                     A Saudade não é um Abrigo que evita a Dor da Separação...
                     Vou viver a Vida Toda, olhando para trás, como se eu viajasse num longo trem que me leva para a Despedida do Mundo...
                                                                                           Meu Aniversario
                                                                                                 (Clarisse)
                                                                                                                          

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Sobre a Cruz de Jesus Cristo

Sobre a Cruz de Jesus Cristo
 
                      O madeiro transverso na Cruz é como as nossas Provações.
                      O madeiro perpendicular da Cruz  é o nosso Destino.
                      Nossas Provações dependem de nós mesmos.
                      Deus é o Positivo, tudo o mais faz parte do Positivo por isso
                      a Ação Constante é a Vigia e Proteção para nós mesmos.
                      O Reajuste Divino em nós é constante e o Positivo é o
                          Sangue de Deus correndo em Nossa Alma até nossa
                          ressurreição na Eternidade.
                                                                                                clarisse
                       Sobre a Cruz de Jesus Cristo

sábado, 14 de setembro de 2013

A POLARIDADE

 
(BICO DE PENA DE ROGEL SAMUEL)
 
      ´E  possivel que tenha existido uma Geração de Polaridade Unica...
                      Humanos com um só olho, uma venta só de nariz, pois os Dois
                      Olhos e as Ventas e as Orelhas, não eram repartidas ... "mal
                      elaborados, "mal feitos", deviam obedecer à Uma Constituição
                      proveniente da Polaridade não exigente da Duplicidade que as
                      células hoje requerem...
                      Se as células tiverem duplicidade, o humano se reorganiza na
                      distribuição compativel à Duas Metades, equilibradas na sua
                     formação pela Dupla Polaridade... como se o Planeta Terra,
                     girasse entre os Dois Polos de sua Conformação.
                     Assim, imaginemos os Ciclopes... tinham um único Olho na
                     testa... e sua conformação devia obedecer aos designos da
                     Polaridade de "uma extremidade" - ou Polo Positivo ou Nega-
                     tivo... ou aqueles que tinham Um Só Polo positivo ou negati-
                     vo...
                     A Harmonia trouxe a Duplicidade Polar, Positiva e Nega-
                     tiva, ..
                     Os Planetas giram entre os Polos, Polo Norte e Polo Sul
                     e se equilibram num Infinito de Polaridade, pois as células
                     são conformadas no Equilibrio do Universo, sempre em tudo
                     do Infinito para uma continuação Infinita...
                     E os Ciclopes, como podiam resistir à Conformação Unica?
                     O Equilibrio da Dupla Polaridade, criou um Imenso Espelho,
                     e talvez seja isto o Desafio Divino para Desvendar a Verdade
                     de Deus...    (Por Clarisse de Oliveira)
                                                                                                         A   Polaridade

sábado, 7 de setembro de 2013

Peido de Adão

Peido de Adão
 
                     O Povo Brasileiro, conhecido como "Zé Povinho", cultua ditos desde os Tempos do Império.
                     O Zé Povinho, dava o apelido de "Peido de Adão", ao filho gerado quando menos se esperava que ainda viesse outro "herdeiro".
                      Naturalmente. esse filho costumava ser o "mais mimado", pois "em si" ja trazia o inesperado da geração de "um mais herdeiro" pelo tempo dos pais já idosos...
                      "Tudo era para "ele", transformando-o no objeto do "mimo".
                      A Vida traça os caminhos que os herdeiros do Planeta Terra irão percorrer através da Vida.
                      Os irmãos "primevos", ja eram casados, viajados, sua rota de Vida assentada em condi-
                      ção segura de manutenção "do Existir Para Viver"...
                      As vezes, o deus encarregado "do Tempo de Vida", trazia a morte inesperada para o caçu-
                      la que o Nosso Pai Adão selecionara como "ultimo representante" de sua Geração...
                      Escrevo isto, porque confio que "Pai Adão" tenha subscrito o destino no Firmamento  do
                      meu irmão Luiz Eduardo, ao qual fui eu, a mais velha e a "primeva" da Geração, que até
                      foi quem escolhera esse nome "Luiz Eduardo", juntamente com a amiga de infancia
                      Moema, pintora famosa por seus quadros, agora residindo em São Paulo.
                      Perdi Moema Cornazzane Geep, "de vista" como se diz aqui no Rio de Janeiro, quando
                      não mais sabemos de alguém que fez parte de nossa Vida...
                      Espero que as matas do Rio de Janeiro, tenham levado para longe, bem sobre o mar,
                      o odor do Peido de Adão para aliviar a Saudade do meu irmão que nunca mais
                      terei a alegria de receber noticias "das andanças de sua Vida"...
                                                                                                                         Sua Irmã Clarisse

terça-feira, 27 de agosto de 2013

O Sonho Desperto da Vida

Qual a noção certa?
                      Julgamos que estamos na Noção certa...  mas, talvez não estejamos.
                      Estando na Noção de que estamos "encarnados", isto é, estando no
                      Reino da Carne, achamos que o reino de Nossas Almas é no Reino
                      dos Espiritos... mas, o Reino dos Espiritos, é Ativo... pois é o Espirito
                      que fala em nossos ouvidos espirituais, pois a Verdadeira Essencia
                      Espiritual é que é a Realidade de Nossa Vida.
                      Espiritualmente é que tiramos a Vida para apresenta-La no nosso
                      viver, no nosso Estar em qualquer Posição do Espirito para confron-
                      tar com a Apresentação da Vida...
                      Diz a minha amiga Lourdes, que tudo é Ilusão... e a Realidade dos
                      Confrontos da Vida com nossa Observação, é que construimos
                      nossa Alma...
                      "Nossa Alma" é nossa Grande Amiga... é "Ela, a Alma" que recolhe
                      nossas Lagrimas .. e o Espelho em que nos miramos, é a "Ilusão
                      do Viver"... pois não Vivemos o que sonharamos para Viver... mas
                      sim, o que surge diante de nós "que nos "obriga para viver"....
                                                                                     O Sonho Desperto da Vida