terça-feira, 15 de abril de 2008

Madurai - Temple Minakshi (gardiens et lingam)


Madurai - Temple Minakshi (gardiens et lingam)


O maior misterio do homem, é a Vida.
A Vida surge da união de machos e femeas,
de apenas femeas, de machos que retêm
os filhotes em seu ventre até eles estarem
aptos para viverem fora: os cavalos-marinhos.
Mas, isso é o que podemos ver após a fecunda-
ção - o que é a Vida, antes da fecundação?
A Vida é Fecundavel num Aspecto do Deus
Criador - se o Deus Criador já não é um
aspecto da Criação...
Orações, Sacrificios, não geram nada...
Se a Fé for muito forte, podem agir na
matéria - seja a materia visivel, seja
emocional...
Os Magos que se apoderaram do Impulso
da Matéria, aquele "Impulso" que provoca
a matéria, começam a guardar para si, uma
grande força curadora e "movedora de
ações" - combinando "aqui e ali",
os cientistas conseguem alguma coisa...
Mas.. a GERAÇÃO, ninguém tem... portanto,
quem souber Devocionar a Geração, a Vida,
é bem mais querido dos deuses, do que
aqueles que Devocionam o Amor.
Para o que escrevo agora, eu ilustrei com
a foto do Lingam (órgão sexual masculino -
(o feminino é o "Yone")) do Deus Hindu
Shiva (portanto quem fala aí "Deusa
Shiva", tá errado) - o Lingam em Madurai,
Sul da India, é protegido com mais ciumes
do que as imagens dos deuses - isso ocorreu
comigo e os hindús do Tamil Nadu, são de
temer, na guarda dos seus deuses.
Portanto, devocionam a Sabedoria do
Coração, Santificam os Santos que curam
pela Fé, e o que pensam da Vida e que
valor dão à Ela - a mais poderosa dos
deuses - a Vida?
Procuremos o Espirito, um principio mais
leve e fácil de procura e o cultivemos
para nossa Evolução - na remota Esperança
de que o Espirito nos dê Asas de Anjo
para revoar em homenagem à Vida.
Com a devoção ao Lingam, o Hinduismo
tem um grande segredo... e quando no
Ocidente, uma devoção dessa seria
admitida?
Ha uma grande diferença entre o Oriental
e o Ocidental - e sempre haverá - mas
se se compreendessem mais, creio que a
raiz da guerra, seria destruida.

Um comentário:

Kazilar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.